Portugués | English | Español | Русский (russian) | Deutsch | Italiano | Français | Все новости |
 
roni
Биография * PokerStars * Последние фото * CHAT * * Ссылки * Баннеры * Вэбмастер
Новости
Календарь

Пн Вт Ср Чт Пт Сб Вс
      1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
This day in history of Ronaldo

2003

Роналдо в форме!

Dos horas de intenso trabajo físico en el gimnasio y en el césped

2004

Mutimedia: All goals of Ronaldo's World Cup 2002 for you!

Edmílson e Sylvinho estão próximos de conseguir passaporte da UE

Soldados brasileiros prontos para receber estrelas

Brasil exige segurança na República Dominicana

Ronaldo deve ficar no Real Madrid até 2008

EDMILSON NO IRÁ A HAITÍ PARA JURAR COMO ITALIANO

LOS TRES PUESTOS DONDE JUGARÁ OWEN EN EL MADRID

COLOCCINI: "SI ME FICHA EL REAL MADRID ¡SE ACABÓ MARCAR A RONALDO!"

Футболистка сборной Бразилии госпитализирована во время матча с США

Это’О получил номер Клюйверта

Оуэн: "Я выбрал лучшую команду в мире"

КОЛОЧЧИНИ: "ЕСЛИ ПЕРЕЙДУ В РЕАЛ ТО КОНЕЦ МОЕЙ ОПЕКЕ РОНАЛДО!"

Роналдо собирается продлевать контракт с Мадридом до 2008 года

2005

Video: Goal of Ronaldo to F. Puskas

Fotos: Ronaldo e Seleção Brasileira chega à Croácia (Роналдо и Селесао уже в Хорватии)

Imprensa espanhola destaca Ronaldos

Real verde-amarelo pode ajudar a Seleção, diz Parreira

CASILLAS, RONALDO Y PARE USTED DE CONTAR

La prensa elogia a Ronaldo

Пресса хвалит Роналдо

Zidane, Ronaldo back in the international fold

2006

Foto: Maicon, Cicinho, Robinho, Gomes e Júlio Baptista no hotel da seleção

Dunga: 'Não farei uma revolução radical'

2007

Milan barra treino de Pato no Beira-Rio

Antes de voltar à Itália, Pato faz alistamento militar

Pato "respeita" Ronaldo, mas não teme barrar ídolo

Dunga convoca Thiago Silva para lugar de Luisão

2008

Футбол: первой в полуфинал вышла сборная Бразилии

2010

Corinthians 3:2 Avai! Full time!

Ronaldo Fenômeno faz surpresa para fã mirim

2013

ФИФА наградит рабочих, строивших стадионы ЧМ-2014, билетами на матчи

Partners




Яndex.direct

eXTReMe Tracker

Новости
Brasil ajuda Tunísia a entrar para história do futebol africano
15/02/2004
Brasil ajuda Tunísia a entrar para história do futebol africano

TÚNIS (Reuters) - A Tunísia entrou para a história do futebol africano ao conquistar a Copa das Nações pela primeira vez, com ajuda brasileira.

Dando sinais de que o futebol africano agora recorre não só a técnicos, mas a jogadores estrangeiros, a vitória sobre o Marrocos na final, por 2 x 1, foi praticamente "made in Brazil".

Francileudo dos Santos, que recebeu passaporte dias antes do torneio, abriu o placar para os donos da casa e outro brasileiro, Clayton, deu o passe para Ziad Jaziri fazer o gol do título.

A vitória do time comandado pelo técnico francês Roger Lemerre acabou com anos de espera e frustração da torcida.

Para outros favoritos ao título, Camarões, Senegal e Nigéria, o torneio foi uma grande dor de cabeça.

Camarões buscava o terceiro título consecutivo, o quinto de sua história, além de querer a vitória como tributo ao meio-campista Marc-Vivien Foe, que faleceu em campo durante a Copa das Confederações do ano passado. Suas esperanças se acabaram nas quartas-de-final, diante da Nigéria.

O capitão Rigobert Song reconhece que os Leões Indomáveis podem ter confiado demais em suas qualidades.

"Talvez, em certos momentos, tenhamos achado que não tínhamos como perder", afirmou ele.

DIOUF DECEPCIONANTE

O desempenho do Senegal esteve personalizado na figura de El Hadji Diouf, que em muitos momentos abusou do individualismo e pouco contribuiu com a equipe.

Diouf certamente será mais lembrado pela explosão que teve na derrota contra a Tunísia nas quartas-de-final, que lhe valeu uma punição de três jogos, estendida para quatro na apelação.

Suas reclamações foram acompanhadas pela invasão de campo por parte dos reservas do Senegal após o gol da Tunísia, que venceu por 1 x 0.

A Nigéria, liderada pelo capitão Austin "Jay-Jay" Okocha, melhor jogador do torneio, até que tem bons motivos para sair satisfeita da Tunísia.

A decisão dos diretores de afastar três jogadores -- os atacantes Yakubu Aiyegbeni e Victor Agali e o zagueiro Celestine Babayaro -- por indisciplina após a primeira partida foi ousada.

O efeito foi a união do resto do grupo, que se recuperou da derrota para o Marrocos na estréia. No entanto, a falta de poder ofensivo causada pela perda de dois atacantes pode ter sido o principal motivo da eliminação na semifinal.

CABEÇA ERGUIDA

A vantagem de 1 x 0 sobre a Tunísia na semifinal durou até os minutos finais, quando um pênalti foi generosamente assinalado em favor da equipe da casa, que acabou vencendo na disputa de pênaltis que se seguiu.

Okocha e sua equipe derrotaram Mali na disputa do terceiro lugar e deixaram o torneio de cabeça erguida.

O mesmo não pode ser dito dos torcedores da Argélia, que arremessaram assentos, bombas, garrafas e moedas no gramado depois da derrota de sua seleção para o Marrocos nas quartas-de-final, por 3 x 1.

Outros, como Mali, alteraram bons e maus momentos. Frederic Kanoute, que atuou pela seleção sub-21 da França e se aproveitou de uma mudança nas regras da Fifa sobre nacionalidade, começou bem o torneio, mas sumiu na fase final.

Entre os desclassificados na primeira fase, houve satisfação para uns e desespero para outros.

O Egito, sede do evento em 2006, foi uma das maiores decepções e o técnico Mohsen Salah pagou o preço inevitável.

O Congo também não teve sorte e deixou o torneio com graves reclamações, entre elas problemas de organização, alimentação, distância do local de treinamento e acomodações, com dois jogadores sendo obrigados a dividir a mesma cama.

O técnico Mick Wadsworth comentou que jogadores da Tunísia mereciam um Oscar pela interpretação de terem sofrido sérias contusões.

Ruanda e Quênia venceram pela primeira vez no torneio, enquanto o técnico de Benin, Cecil Jones Attuquayefio, filosofou sobre as equipes de seu grupo.

"Comparados a Nigéria, África do Sul e Marrocos", disse ele. "Somos uma equipe bebê, que ainda tenta se levantar."

Por Trevor Huggins

Google
Google AdSense

Счетчики

IvPlaneta.RU

Яндекс.Метрика

//

Роналдо - 41 лет. Гражданство: Бразилия. - Двукратный чемпион мира - 1994, 2002; - Двукратный чемпион Испании - 2003, 2006.
Copyright 1997-2018 (c), Created and administrated by Amaurys Bruno Alfonso,
Designed and Powered by "Computer Plus", Ltd. por Amaurys Bruno Alfonso. В Интернете с 1997,
Созданно и администрировано Амаурисом Бруно Альфонсо, Дизайн и поддержка студии "Компьютер Плюс" и Амаурис Бруно Альфонсо
Придумано, создано и ведется в городе Родники Ивановской области!
Другие новости Роналдо в Google...