Portugués | English | Español | Русский (russian) | Deutsch | Italiano | Français | Все новости |
 
roni
Биография * PokerStars * Последние фото * CHAT * * Ссылки * Баннеры * Вэбмастер
Новости
Календарь

Пн Вт Ср Чт Пт Сб Вс
    1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
This day in history of Ronaldo
Partners




Яndex.direct

eXTReMe Tracker

Новости

 

09/10/2004
Brasil goleia Venezuela e mantém liderança nas Eliminatórias

 
O Brasil goleou a Venezuela por 5 x 2 neste sábado, em Maracaibo, manteve a liderança das Eliminatórias para a Copa do Mundo e ratificou sua superioridade nos confrontos contra os venezuelanos.

A vitória levou a Seleção Brasileira para 19 pontos, um ponto a mais que a Argentina. O terceiro colocado é o Paraguai com 15 pontos. Os quatro primeiros colocados se classificam para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

A goleada proporcionou a Ronaldo marcar dois gols, ambos no segundo tempo, e colocar fim a um jejum de 34 dias sem fazer gols pelo Real Madrid. Kaká também marcou dois e foi um dos destaques da partida. Adriano entrou no segundo tempo e fez o seu.

No confronto direito entre as duas seleções, superioridade incontestável dos brasileiros. Foram 16 jogos e 16 vitórias do Brasil. A Venezuela fica com 10 pontos, na sexta colocação, e sofre o seu pior resultado nestas Eliminatórias.

A Seleção volta a campo nesta quarta-feira, quando recebe a Colômbia, às 21h50min (horário de Brasília), no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 10ª rodada das Eliminatórias.

Para este jogo, Parreira não poderá contar com Kaká, que cumprirá suspensão automática. A escala de Juninho Pernambucano é uma incógnita. O meia deixou o campo machucado depois de torcer o tornozelo direito e será avaliado após o jogo.

O Brasil, que temia uma pressão inicial nos primeiro minutos, não deu chance para a Venezuela, e na sua maior especialidade, a qualidade individual dos seus jogadores, abriu o placar logo aos cinco minutos.

Kaká tabelou com Ronaldinho Gaúcho, recebeu na entrada da área, tocou a bola entre as pernas de Rey e chutou forte no canto esquerdo de Angelucci, marcando um belo gol.

O gol nos primeiros minutos trouxe tranqüilidade ao time de Parreira. Por outro lado, acabou acomodando a Seleção, que tocou excessivamente a bola sem objetividade e permitiu ao adversário crescer na partida e criar duas chances.

A Venezuela chegou com perigo pela primeira vez aos 19 minutos. Arango recebeu na entrada da área, passou por Zé Roberto e chutou forte, Dida fez grande defesa em dois tempos no canto esquerdo.

Dida evitou o gol venezuelano novamente aos 26 minutos, depois que Rey cobrou falta e acertou o canto direito do brasileiro, que saltou espalmou para escanteio.

Pressionado, o Brasil despertou, acelerou as jogadas no ataque, aumentou o volume ofensivo e não encontrou dificuldades para ampliar sua vantagem aos 34 minutos.

Kaká lançou Ronaldo livre de marcação pela esquerda, o Fenômeno driblou o goleiro e a bola ficou para Kaká chutar forte, ela bateu na cabeça de Rey e entrou no canto direito.

A Seleção Brasileira esteve muito próximo do terceiro gol aos 45 minutos. Kaká fez belo passe para Juninho Pernambucano, que entrou na área e chutou rasteiro no canto esquerdo, mas a bola tocou na rede pelo lado de fora.

No início do segundo tempo, o Brasil fez dois gols em cinco minutos e ratificou a liderança nas Eliminatórias. Aos três minutos, Zé Roberto cruzou da esquerda, Ronaldo chegou disputando com o zagueiro, se antecipou ao goleiro, e tocou para as redes.

Em seguida, o Fenômeno contou com uma falha grotesca de Angelucci para marcar seu segundo gol na partida e dar início à goleada. Depois de ser lançando por Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo chutou fraco e a bola passou entre as pernas do goleiro venezuelano.

Aos 20 minutos a Venezuela marcou o seu primeiro gol, mas o árbitro anulou corretamente marcando impedimento do atacante Gonzalez.

Com o jogo dominado e sob controle, Parreira aproveitou a partida para testar outros jogadores e colocou em campo Edu e Alex. E foi de Edu o passe para o quinto gol brasileiro. O meia do Arsenal fez bom passe para Adriano, que em condição legal, dominou, escolheu o canto e chutou na saída do goleiro.

No final da partida a Venezuela marcou seu primeiro gol, porém, irregular, já que Morán estava em condição de impedimento. Depois do cruzamento da direita, Arango chutou cruzado para dentro da pequena área e Morán completou quase embaixo da trave.

Aos 39 minutos, o Brasil teve duas chances para marcar o sexto gol. Na primeira, Alex cobrou falta da entrada da área e acertou a trave esquerda de Angelucci. Na segunda, Ronaldinho cruzou da direita e Adriano, na pequena área, sem goleiro, errou na conclusão.

A Venezuela marcou o segundo gol aos 45 minutos. Arango fez boa jogada individual e tocou para Morán, que dominou e na marca de pênalti chutou forte no ângulo esquerdo de Dida.

 


10.10.2004 07:04 +0400
lance

Google
Google AdSense

Счетчики

IvPlaneta.RU

Яндекс.Метрика

//

Роналдо - 41 лет. Гражданство: Бразилия. - Двукратный чемпион мира - 1994, 2002; - Двукратный чемпион Испании - 2003, 2006.
Copyright 1997-2018 (c), Created and administrated by Amaurys Bruno Alfonso,
Designed and Powered by "Computer Plus", Ltd. por Amaurys Bruno Alfonso. В Интернете с 1997,
Созданно и администрировано Амаурисом Бруно Альфонсо, Дизайн и поддержка студии "Компьютер Плюс" и Амаурис Бруно Альфонсо
Придумано, создано и ведется в городе Родники Ивановской области!
Другие новости Роналдо в Google...